Tabelas IRS 2013

Tabelas IRS 2013

Tabelas IRS 2013

As novas tabelas IRS 2013 já foram divulgadas, e já se conhecem as taxas que constam na versão preliminar da proposta de OE 2013, e confirma-se a anunciada diminuição dos escalões de IR S2013, assim como o forte agravamento fiscal porque esta vai traduzir para todas as famílias no próximo ano. Para complementar este colossal aumento nas tabelas de IRS 2013 os contribuintes portugueses ainda soferão a aplicação da sobretaxa extraordinária de 4%, e para os rendimentos superiores a 80.000€ uma taxa adicional de solidariedade de 2,5%, assim como para alguns escalões vai ainda diminuir o montante de deduções aceites.

Taxas de IRS em 2013

Abaixo encontram-se os escalões IRS 2013 para cada rendimento colectável e as respectivas taxas de retenção na fonte IRS 2013 a aplicar, entretanto não se pode esquecer que às taxas abaixo indicadas e dependo do escalão de rendimentos em que se encaixar pode-lhe ser aplicada a sobretaxa de IRS de 4%.

 

Rendimento Colectável (em euros)                        Taxa Normal (A)                             Taxa Média (B)

Até 7000                                                                  14,50                                                14,50

De mais de 7000 até 20000                                       28,50                                                23,60

De mais de 20000 até 40000                                     37,00                                                30,30

De mais de 40000 até 80000                                     45,00                                                37.65

Acima de 80000                                                        48,00                                                ——–

 

O cálculo das taxas do rendimentos auferidos pelos contribuintes não sofre qualquer alteração tendo em conta ao como proceder com a aplicação da taxa, o mesmo é igual ao dos anos anteriopres, agora com a diferença de que existem menos 3 escalões e as taxas eleveram-se. Entao para aplicar a taxa deve ao quantitativo do rendimento colectável, quando este for superior a 7000 euros dividi-lo em duas partes: sendo que uma, igual ao limite do maior dos escalões que nele couber deve-se aplicar a taxa da coluna B correspondente a esse escalão; a outra igual ao excedente deve-se aplicar a taxa da coluna A respeitante ao escalão imediatamente superior. Veja o exemplo:

Cálculo c/ aplicação das novas Taxas IRS 2013

Exemplo aplicação taxa IRS para um contribuinte solteiro com um rendimento colectável de 12500€.

Primeiro temos que verificar em que escalão se encaixa o rendimento do contribuinte. Neste caso o rendimento do contribuinte fica no escalão que é de 7000 até 20000, passemos agora à aplicação das taxas.

1º   7000€ x 14,5 % = 1015,00 €

(12500-7000)= 5500

  5500 x 28,50 % = 1567,50 €

  1015,00€ + 1567,50€ = 2582,50 € (valor da colecta)

Como podemos verificar e comparando com o valor a pagar do ano passado um contribuinte que aufira dentro deste padrão de rendimentos vai pagar a mais cerca de 400€ que no ano anterior, e ainda nem foi aplicada a sobretaxa com o extra de 4% e para os rendimentos superiores a 80.000€ ainda deve ser aplicada uma taxa adicional de solidariedade de 2,5%. Se a situação já está díficil para grande parte das familias portuguesas, agora com estes aumentos de impostos e estagnação dos salários a situação ainda se deve agravar mais em muitos casos. Estas alterações foram propostas e ainda não estão oficialmente em vigor, mas espera-se para breve a divulgação pelo Portal das Finanças o documento para download das Tabelas IRS 2013 em pdf.

GD Star Rating
loading...
Tabelas IRS 2013, 10.0 out of 10 based on 1 rating
Nuvem de pesquisas:
  • Tabelas IRS 2013
  • irs 2013
  • Novas Tabelas IRS 2013
  • taxas irs 2013
  • tabelas irs 2013 pdf